Posts

Curso de teologia

Curso de teologia volta às aulas

Podemos dizer com extrema felicidade que nossos últimos dois anos foram incríveis no que diz respeito ao ensino, abrimos uma turma para o curso básico de teologia e tivemos um número de inscritos que superou nossas expectativas, durante quatro semestres 55% desses alunos continuaram e ao final deram frutos, foi um crescimento intelecto e teológico incrível, glorificamos a Deus por essa turma, pois dela conseguimos fomentar o desejo de muitos em crescer no ministério, e os frutos já são visíveis, alunos que entraram no curso cheio de dúvidas sobre o chamado e durante o curso encontrou seu chamado, pessoas que embora já pregassem, mas faltava conteúdo e o curso trouxe auxilio, outros que nunca haviam pregado e hoje tem se mostrado como talento à proclamação do evangelho através da pregação expositiva, enfim, como já disse no inicio do texto, esses dois anos foram incríveis para a educação cristã aqui na Gileade.

Quando formei essa referida turma tinha em mente fomentar o exercício do aprendizado teológico, claro que que o objetivo foi alcançado, e foi muito além disso, até o término do curso conseguiremos formar bons líderes, e é exatamente pensando nisso que resolvemos fazer uma alteração no formato do curso para os próximos semestres, iremos reformular toda a grade curricular para atender as necessidades da igreja local no que diz respeito a capacitação e formação de líderes, para tanto o curso básico de teologia que antes era aberto a pessoas que não eram membros da igreja, desde agosto de 2018 tornou-se um curso exclusivamente destinado os membros da igreja cristã Gileade, visando como já dito antes, a formação de uma liderança forte e saudável.

Agora em na segunda semana de fevereiro de 2019 as aulas retornam com ritmo acelerado, pois pretendemos concluir o curso ao fim de 2019.

 

Soli Deo gloria
Pr.Franco Júnior
Pastor titular da Igreja Cristã Gileade em Juazeiro do Norte

Esclarecimentos sobre o CCM

Considerando as várias dúvidas que nos foram apresentadas por alguns pastores, relativo ao CCM – CURSO DE CAPACITAÇÃO DE MINISTROS, vimos através desta mensagem trazer alguns esclarecimentos que se fazem necessários:

I. Atualmente em nossas igrejas temos as seguintes situações:

a) Diáconos que serão indicados a presbíteros no próximo aniversário;
b) Diáconos que não serão indicados como presbíteros no próximo aniversário;
c) Presbíteros que serão indicados a pastores no próximo aniversário;
d) Presbíteros que não serão indicados como pastores no próximo aniversário;
e) Presbíteros que vieram de outras denominações e não foram reconhecidos ainda na Gileade, podendo ser reconhecido seu ofício no próximo aniversário após indicação dos pastores locais;
f) Presbíteros que vieram de outras denominações e não foram reconhecidos ainda na Gileade, ou serão indicados no futuro por seus respectivos pastores;
g) Pastores que vieram de outras denominações e ainda não foram reconhecidos como pastores ou serão reconhecido o ofício futuramente;
h) Obreiros com outros cargos não existentes na Gileade (missionários, evangelistas, etc) que vieram de outras denominações ou sem cargo algum de onde chegaram.

Esclarecimento:

1) No caso do item ‘a’ acima, orientamos que os mesmo sejam convidados e liberados por seus pastores a participarem do CCM, uma vez que o tema será proposto na próxima assembleia extraordinária podendo ser aprovada sua obrigatoriedade, igualmente foi aprovado para os presbíteros;
2) Item ‘b’ acima, casos especiais ficam a cargo dos pastores locais a indicação e liberação para o CCM;
3) Com aprovação da Assembleia no dia 09/05/2018, tornou-se obrigatório o CURSO DE CAPACITAÇÃO DE MINISTROS- CCM para os presbíteros que serão indicados a pastores, Item ‘’c’’ acima;
4) Item ‘d’ acima: Indicação e liberação a cargo do pastor local, porém não há proibição expressa para os presbíteros não candidatos a pastores, pelo contrário. A orientação do CONSELHO DE PASTORES E DIRETORIA da CIMING é que se faça para melhor qualificar os seus obreiros;
5) Item ‘e’ acima: neste caso se igualam aos casos do item ‘c’, ponto 3 acima já exarado;
6) Item ‘f’ acima, fica a cargo de seus pastores locais;
7) Item ‘g’ acima: A orientação do CONSELHO e DIRETORIA é que sejam estimulados a participarem do CCM para que possam se identificar com nossa CONVENÇÃO e conhecer sua identidade uma vez que o ajudará a discernir seus objetivos como futuro CONVENCIONADO;
8) O item ‘h’ acima engloba, possivelmente, aqueles casos de obreiros que a Igreja local deseja indicar para ofício de Presbítero de pessoas que já dirigiram igrejas mas não são pastores e não foram reconhecidos em nenhum ofício na igreja de origem, foram missionários, evangelistas em outras denominações, porém ofícios não existentes na GILEADE e que como tais não poderão ser reconhecidos. Nestes casos a decisão de indicá-los para o CCM é da igreja local, visto os objetivos e aspirações do obreiro, acordado com o pastor local e sua liderança constituída, se tal acordo engloba o firme desejo de futuramente indicá-lo ao presbitério inicialmente.

II. Cabe aos pastores locais esclarecerem aos obreiros de suas respectivas igrejas que o fato de realizar o CCM não oficializa ninguém PRESBÍTERO e nem PASTOR, sendo apenas um requisito que o mesmo deve cumprir em seu percurso de vida ministerial podendo qualquer obreiro realizá-lo sem nunca pretender ou aspirar o ofício de presbítero ou pastor, mas elevando sua qualidade de obreiro na igreja local caso deseje realizar o curso.

III. O CCM se dará em 05 etapas no período de cinco meses. Sendo cada mês ofertados dois temas perfazendo um total de 10 aulas sempre ministradas no final do mes. O aluno deverá efetuar o resumo de um livro a ser disponibilizado ao mesmo e no final passará por uma avaliação elaborada pelo Conselho Ministerial e Diretoria da CIMING.

IV. Teremos além das aulas presenciais na capital, a oferta de aulas nos interiores do Estado sendo assim organizado: Núcleo 1(Cascavel) e Núcleo 2 (Sobral) coordenador Pastor Marcelo Morais; Núcleo 03 (Russas e Limoeiro do Norte) Coordenador pastor Werbston Gomes; Núcleo 4 ( Crato e Juazeiro) Coordenador pastor Wagner.

CONCLUSÃO

Nossa pretensão é de disponibilização via internet, pen-drive ou DVD, ao pessoal do interior, das aulas ministradas na capital, as quais serão gravadas por profissional da áera, já contratado para filmagem, para que haja unicidade na ministração do conteúdo na capital e interior. Exceto na primeira aula, possivelmente, mas que ainda estamos nos esforçaremos para que também, nela, possamos disponibilizar aos Coordenadores o material didático elaborado pelos respectivos pastores ministrantes, de cada palestra, a fim de que, mesmo ofertada em vídeo-aula, os Coordenadores possam estar presentes em cada Núcleo para poder tirar dúvidas por acaso existentes.
O curso terá o custo de R$ 50,00 parcelado em 15+20+15, incluindo o custo de lanche, material didático e cópia de livro para resumo.

Ainda hoje estaremos a relação completa dos ministradores das aulas do CCM repassando ao conhecimento de todos.

Assim posto, esperamos ter tirado algumas dúvidas ao tempo em que nos colocamos a disposição no que sobrevier;

Valderi M Rodrigues
Presidente CIMING em Exercício

Curso de Capacitação para Ministros – CCM

Entendendo a grandeza da responsabilidade estatutária da CIMING de receber e ordenar pastores e consagrar presbíteros, vimos por meio desta proposta, apreciada pelo colegiado de pastores desta Convenção, apresentar aos diáconos, presbíteros e pastores da Igreja Cristã Gileade espalhada por todo o território nacional e Brasil afora, este Curso de Capacitação de Ministros – CCM.

Sabedor da parte que cabe ao pastor local de indicar seus vocacionados, da parte que cabe ao próprio vocacionado, venho anunciar a parte que cabe a Convenção propondo o CCM como padrão de preliminar para a ordenação ou recebimento de pastores e consagração de presbíteros.

Conteúdo proposto do CCM:

  1.  O que é a CIMING;
  2.  A Fé da Gileade;
  3.  Ética Ministerial;
  4.  O que a CIMING Espera dos Futuros Ministros;
  5.  Conhecendo o Estatuto da CIMING;
  6.  A Família do Obreiro;
  7.  Visão Panorâmica da Bíblia;
  8.  Homilética;
  9.  Autoridade e Submissão;
  10. O Uso da Fala do Ministro.

OBS: As primeiras aulas e seus respectivos matérias didático se encontram em nosso canal no YouTube, clique para para assistir e e aqui para fazer download das apostilas!

Nos laços do Calvário,
Pastor Valderi Rodrigues
Presidente da CIMING em exercício

Bíblioteca

Sempre preocupada com desenvolvimento espiritual e intelectual de nossos membros, investimos sempre em capacitação continuada, agora contamos com mais uma ferramenta para o crescimento intelecto, acabamos de inaugurar nossa biblioteca, ainda tímida, pois necessitamos de doações, mas já contamos com bons livros, Willam Hendricks, Hernandes Dias Lopes, etc.

Procure a turma do Stande de informação para ler um livro, e para doar, bastar trazer e entregar no próprio stand.

ETAL 2016

A exortação paulina é procedente. Para ele, o líder deve formar outros líderes para que estes instruam outros e sempre com idoneidade. Quanto mais líderes, usando os seus dons e talentos, mais a Igreja cresce, se desenvolve de forma madura e extraordinária. Esta era a realidade do Novo Testamento. O mesmo apóstolo declara: “E Ele designou uns como apóstolos, outros como profetas, outros como evangelistas e ainda outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos para a obra do ministério e para a edificação do Corpo de Cristo” (Ef 4.11,12). A vontade do Senhor não é a concentração na mão de um líder, mas a pulverização da liderança. A Igreja exerce o ministério herdado do Senhor Jesus através de seus líderes. O pastor é apenas o líder-servo, pronto a investir sua vida na preparação e acompanhamento de outros líderes e estabelecendo um diálogo enriquecedor. Assim a igreja Gileade de Juazeiro do Norte iniciou mais um ano.

No dia 16 de janeiro o Pr. Franco Júnior reunião a liderança da igreja no auditório do Office Cariri para uma apresentação das atividades em 2016, este ano visando a expansão do reino de Deus a traves de discipulado e evangelismo um a um.

Na ocasião toda a liderança ficou a par dos novos cursos e novos líderes que irão compor os ministérios da igreja em 2016.

A palestra denominada A TRELIÇA E A VIDEIRA inspirada no livro de mesmo nome dos autores Colin Marshall e Tony Payne, foi muito relevante para todos e norteou a igreja a como trabalhar de perto com as pessoas, torná-las discípulos, ajudá-las a crescer e a florescer no ministério do evangelho.

Confira as fotos do evento: